Por que estudar música?

O estudo musical evoluiu e desenvolveu novas formas de estudo. A internet e a computação trouxeram ferramentas indispensáveis tanto para o professor quanto para o aluno de música. Porém, nada disso adianta se o conteúdo e o acesso ao instrumento não forem passados de forma organizada e didática. Acredito que a função do professor seja desmistificar e esclarecer, explorando o potencial do aluno de modo que ele tire o melhor proveito de suas qualidades e do estudo musical. Dessa forma, o estudante desenvolve plena capacidade de executar as músicas que gosta, podendo compor e se expressar na linguagem musical, sem limitações técnicas ou criativas.

Existem três formas de estudo musical. A primeira é o aluno que busca a profissionalização. Essa forma de estudo exige dedicação plena e conhecimento profundo do instrumento, estudo de partitura, técnica, harmonia (acordes das músicas), escalas, improvisação e solos devem caminhar juntos. Para que o músico possa desempenhar o papel de instrumentista em alto nível são necessários anos de preparação e dedicação diária.

A outra forma de estudo do instrumento é o lazer. Muitos alunos almejam o contato com a música para relaxar, tocar com os amigos e diminuir o estresse. Nessa forma também é necessário que o aluno estude em casa, mas de forma mais intuitiva. Muitos que começam com essa proposta acabam migrando para o curso mais profissionalizante, mesmo não tendo como objetivo trabalhar na área.

A terceira forma é o estudo musical para crianças. Depois de alguns anos dando aulas, pude constatar que a idade ideal para os pequenos começarem a estudar musica é aos sete anos. A partir desta idade, a criança já é capaz de guardar informações e despertar de forma racional o amor pela música. Os benefícios para o desenvolvimento das crianças são inúmeros e conhecidos. Desde a melhora no raciocínio lógico, melhora na responsabilidade, exposição ao risco, diminuição da timidez, desenvolvimento da criatividade e da sensibilidade, melhora na concentração etc..

É importante frisar de que não existe idade para começar. Tenho alunos de sete a setenta anos e todos se aproveitam do conhecimento musical que adquirem. Alunos bem orientados, com a didática certa e que dediquem algumas horas em suas casas ao conteúdo ensinado pelo professor, irão aprender rapidamente, independente da idade que tenham. O importante é que cada aluno tenha o prazer de estudar e sinta que está evoluindo sendo recompensado quando toca com a sua família, em sua banda ou com seus amigos. E é por isso que os convido a estudar comigo esta arte fascinante e ao alcance de todos chamada Música.

 

Comments are closed.